Início / Vender artesanato / Como Viver de Artesanato – 3 Dicas pra Ajudar Você a Largar Seu Emprego

Como Viver de Artesanato – 3 Dicas pra Ajudar Você a Largar Seu Emprego

Você alguma vez já pensou em viver de artesanato? Largar seu emprego e viver do que ama? Se você ainda não é uma artesã em tempo integral, tenho certeza que sonha com esse dia! O dia em que você vai poder ganhar mais dinheiro do que você recebe no seu emprego só com os ganhos do seu artesanato, e mais do que isso, o dia em que saberá que pode confiar nessa renda pra viver uma vida tranquila financeiramente!

Profissão Artesanato

Graças a Deus eu posso dizer isso, hoje! Vivo do que amo e amo o que faço. Passei bastante tempo da minha vida em empregos que não me traziam satisfação pessoal. Nessa época eu sonhava a cada hora que se passava no dia em que eu estaria fazendo exatamente o que faço hoje, trabalhando da minha casa, com mais tempo pra minha família…

artesanato

Nem preciso dizer o quanto é bom poder trabalhar exclusivamente com o que se ama, porque isso você já imagina, né?! Como alguém que conseguiu esse sonho, eu estou aqui pra dizer pra você que é possível.

E não é que eu tive a felicidade de entrevistar uma pessoa que pode ajudar você nesse projeto? O nome dela é Jacqueline Vilela, ela é coach de carreira e topou conceder uma entrevista pra dar 3 dicas essenciais pra ajudar você a largar seu emprego e viver de artesanato!

Dica #1 – Tome Uma Decisão

A primeira coisa que você tem que fazer é dizer pra si mesma: “Eu quero! Está decidido: vou viver de artesanato!” Esse é o primeiro passo pra você conseguir viver de artesanato.

Muita gente fica pensando, pensando, pensando… e nada acontece! Excesso de pensamento e falta de decisão levam você ao marasmo e à mesmice que você já não quer.

Profissão Artesanato

Dica #2 – Faça uma Transição Gradativa

Tão importante quanto a primeira dica, fazer uma transição gradativa é extremamente importante pra você não quebrar a cara.

É como se você resolvesse pular numa piscina mas não soubesse se tem água lá. O que é melhor fazer? Pular de cara e enfrentar o risco de achar uma piscina vazia ou entrar aos poucos, pela escada, e notar a água nos seus pés, com certeza do que está fazendo?

Sim, eu sei que muita gente decide largar o emprego e vai de cara mesmo e acaba dando certo. Mas e os casos em que isso não acontece? O que você dirá pra sua família se tudo der errado?

Como fazer, então?

Bom, primeiro mantenha-se no seu emprego. Nada de sair chutando o balde! rsrs!

Depois de ter feito isso, separe de uma a duas horas do seu dia para desenvolver o seu negócio de artesanato. Estudos científicos na área de coaching demonstram que esse tempo é suficiente pra você conseguir sucesso numa nova área que está iniciando.

Falando especificamente de artesanato, pra você ter de fato um negócio, seria interessante dividir esse tempo entre aprimorar sua técnica e aprender a vender.

Aprimorar a técnica é o que vai fazer de seu produto um produto excelente. E você precisa ter um produto excelente se quer viver de artesanato. A concorrência é bem grande, e produtos ruins têm vida curta, hoje.

Aprender a vender é essencial, e sem isso você pode ter o melhor produto do mundo sem nunca ver a cor do dinheiro.

As pessoas precisam saber que você tem um produto maravilhoso. Caso contrário, quem vai comprar de você? Seus vizinhos? Seus amigos somente? Vai por mim, você precisa vender pra pessoas além dos conhecidos pra que tenha um negócio de verdade.

Vender pela internet é uma grande solução e eu sempre recomendo que você comece pelo Facebook, porque é uma plataforma famosa, com muita gente dentro (quase 90 milhões de brasileiros), gratuita e fácil de usar. 

Dica #3 – Antecipe

Antecipar significa que você deve conversar com as pessoas que são importantes pra você antes de começar o seu projeto de tirar uma ou duas horas por dia para o seu sonho.

Essas pessoas são sua família e seus amigos mais próximos, pessoas que vão sentir sua falta nesse tempo que você agora dedicará ao seu sonho de viver de artesanato. Não há a necessidade de você sair contando pra todo mundo dos seus sonhos, somente para essas pessoas mais próximas!

Essa conversa nem sempre é fácil e pode ser que seu marido ou seus filhos achem isso uma besteira sua. “Imagina! Viver de artesanato! Onde é que já se viu??” Cabe a você tranquilizá-los e mostrar que é possível.

Aqui cabe uma dica pra ajudar você a convencer sua família que o que você está fazendo vale a pena: mostre cases de sucesso!

Cases de sucesso (lê-se “queises”) são histórias de pessoas que conseguiram fazer o que você quer, ou seja, viver de artesanato. Há vários casos assim espalhados pela internet. Consulte, por exemplo, o site Pequenas Empresas Grandes Negócios.  Procurando por lá, encontrei um caso bem interessante pra você dar uma olhada! Conta a história de uma artesã que criou uma peça decorativa usando filtros de café e ganhou o mundo com sua criação! Acesse o artigo clicando aqui.

Grande abraço!

Sobre Glauber

Consultor de Marketing Digital e apaixonado por artesanato. Acredita que as pessoas podem e devem trabalhar com aquilo que realmente gostam. É o criador do site Profissão Artesanato onde compartilha diversas dicas e experiências.

Veja Também

Blog de artesanato – Vale a pena ter um?

Você sabia que um blog pode ajudar nas vendas dos seus artesanatos? Ele pode ser …

Profissão Artesanato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *